centrokaratesetubal.webs.com

SHOTOKAN KARATE DO | V.Setubal | G.M.D. Uniao e Progresso

ASKP/JKA

Conheça as associações que integramos e pelas quais nos regemos tanto tecnicamente com institucionalmente.

ASKP- Associação Shotokan Karate Do Portugal

 

O Karate Shotokan começou a ser praticado nos finais dos anos 60 no Centro Português de Karate, situado na Parede. Em 1969, três dos sócios fundadores do CPK , Carlos Antunes Pereira, Afonso Lopes Vieira e Luis Cunha iniciaram o Centro Nacional de Karate na Casa da Mocidade situada na Almeida Brandão em Lisboa. Neste Centro a “chama” JKA alastrou-se com um sul-africano 1º Dan, Ronald Clark aluno do Sensei Stan Schmith, Instrutor JKA da África do Sul e residente em Portugal na altura. Durante os três anos que se seguiram, com o apoio do Secretariado para a Juventude do então Ministério da Educação realizaram-se Estágios com os Senseis japoneses Miyazaki, Enoeda, Kato, Shimohara, Higaonna e Kanazawa.

Nos finais de 1972, um dos Instrutores deste Centro Nacional de Karate, Afonso Lopes Vieira e dois dos praticantes mais graduados, Peté Pacheco e Vilaça Pinto, decidiram após o Estágio do Sensei Kanazawa partir para o Japão e dedicarem-se ao Karate JKA. Com o regresso de Vilaça Pinto em 1974 e de Peté Pacheco e Afonso Vieira em 1975/6 criou-se a Associação Shotokan Karatedo Portugal (ASKP). Ela nasceu com o propósito de divulgar a pratica do Karate segundo os ensinamentos colhidos nos Dojos dos Senseis Nakayama, Kanazawa e no Hombu-Dojo da JKA em Tóquio. Os seus sócios fundadores foram para além deles, Carlos Pereira, Nuno Lobo, Henrique Moreira e Eduardo Lourenço. A realidade de um periodo de treino prolongado no Japão tinha proporcionado a montagem da matéria de ensino de uma Escola. A Técnica do Karate que foi trazida da experiência 1972 a 1975 foi o conteúdo de ensino que  se divulgou durante toda a decada de 70 em Portugal pela ASKP.

Posteriormente como fruto do treino prolongado de Peté Pacheco durante 3 anos na Classe de Instrutores da JKA em Tóquio e com o seu regresso em 1980 proporcionou na ASKP uma decada de treino intenso de Instrutores nacionais que daí se constituiu e que conduziu a ASKP  para uma dimensão de Karate só entendida pela prática intensiva. A aplicação da técnica colhida na década anterior permitiu a maturidade de um grupo de nomes que marcaram esse tempo como António Pula, Paulo Alvaro, Luis Alves,  Julio Crespo, Arnaldo Sousa, Luis Miranda, Gertrudes Evora, Tony Silva, Joel Fontes, Octávio Rodrigues, Reinaldo Rodrigues, Edmundo Reis, Alfredo Henriques, Reinaldo Portas, e outros.  Esses nomes foram os figurantes dessa época com o advento das competições da FPKDA-Federação Portuguesa de Karate e Disciplinas Associadas e que marcou uma época competitive aurea para a ASKP.

 A decada seguinte, a de 90, representou para a ASKP “o sair para o nível internacional”. A classificação de Peté Pacheco e posteriormente de António Pula como Arbitros Internacionais Europeus permitiu a estruturação da Arbitragem da Liga-LPKS, a formação de muitos Juizes e Arbitros que conduziram os Campeonatos Anuais de Shotokan juntamente com outras Associações, com competencia e nivel, permitindo a selecção dos melhores competidores nacionais para composição base das equipes de representação internacional e que trouzeram bons resultados para o Karate Nacional. Dentro desta Liga, muitos competidores, filhos da ASKP, levaram Portugal ao podium e participado com aproveitamento nos Campeonatos Europeus como sejam Paula Marques, Bruno Pula, Hugo Gato, Hugo Camacho, Pedro Carreiro, Teresa Bernardo, Ana Rodrigues, Ana Val e outros.

Nos anos que se seguiram e que continuam na actualidade, a ASKP tem acompanhado a enorme evolução desta modalidade e que tomou uma maior dimensão. Se por um lado a pratica tem conseguido manter os “velhos” no treino, por outro, tem acompanhado o “boom” do Karate infantil. Enquanto que nos anos 70 o praticante iniciado tinha, na sua maioria,uma idade compreendida entre os 16 e os 20 anos hoje em dia começa-se a praticar Karate na ASKP aos 5 anos. Na ASKP actualmente treinam muitas centenas de crianças. 

A ASKP continuada intimamente ligada á JKA, a nivel nacional à JKA-Portugal, o que lhe permite estar constantemente a acompanhar a evolução do Karate desta Escola.

Conselho Técnico: Senseis: Peté Pacheco (Instrutor chefe), António Pula, Paulo Silva, Júlio Crespo, João Parente, Luis Bharwany

 Direcção: João Rosa (Presidente), José Jordão (Vice-Presidente), Vanda Carreiro (Tesoureira), Liliana Madaleno (1ºSecretário), Mário Paixão (2ºSecretário), Hélio Almeida, Ricardo Carrilho, Sérgio Pinheiro, Luís Jóia (Vogais)

Fonte: http://www.askp-karate.com/


JKA- Japan Karate Association- Portugal

O desaparecimento em 1987 do Mestre Nakayama criou na Europa e entre os seus seguidores, a consciencialização da necessidade de se cimentarem as relações entre eles, para uma melhor da evolução do Karate JKA (Japan Karate Association). Nesse sentido e com a determinação dos já falecidos Senseis Miyazaki e Enoeda desenvolveram-se vários esforços que culminaram com a criação, em 1995 da JKA-Europa e consequentemente da JKA-Portugal.

A associação ASKP, até aí como único elo de ligação à JKA- Japão, não tinha a estrutura politica necessária para representar a dispersão associativa do Shotokan nacional, com vontade de integrar esta Escola de Karate. Era urgente a criação da JKA-Portugal, representando uma ligação entre associações que proporcionasse a possibilidade a todos os praticantes que pertencessem ou não à ASKP, de beneficiarem do “know-how” técnico e dos princípios adquiridos directa e intensamente no Japão. Todos os praticantes de Shotokan portugueses, de proveniência associativa diversa, passam a ter lugar na escola JKA e assim poderem partilhar dos seus princípios.

As suas actividades que até 2006 eram preenchidas com estágios técnicos, exames de graduação e participação em competições da JKA passaram a partir de Setembro desse ano a conter também acções de formação em cursos de qualificação.

Responsável Técnico: Sensei Pacheco Peté (7ºDan Japan Karate Association)

Fonte: http://www.jkaportugal.com/

Saiba mais em www.jkaportugal.com ou em www.jka.or.jp.


Ultima Actualizacao

05-01-2010